quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Diagnóstico F 84.0 CID 10

Está quase pronto o laudo médico do Mateus. Falta a avaliação da Fono. E releitura pela equipe médica, para validação. Na verdade, o diagnóstico, nós já temos, ontem o recebi oficialmente. Mas o laudo, o laudo é um estudo, de cada detalhe observado nesses dois meses de análises por essa equipe. A Dra Juliana, com aquele jeito meigo dela, que nos cativa, tranquiliza e acolhe, me disse "como você já devia esperar, o Mateus tem autismo sim, e o grau do autismo dele, numa escala de leve a moderado, é moderado." Fecho os olhos e escuto o sotaque dela, o jeito de falar com a gente, com toda calma que é preciso para lidar com a delicadeza da situação.

Bem, o que posso dizer? É,eu já sabia, eu já esperava. Sim, eu já sabia há muitooooooonnnnnn tempo... Antes de Fantástico, antes de novela da Globo - como diz minha mãe: "olha bem prá minha cara, garota, e vê se eu tenho cara de novela da globo?! Eu hein". Antes de estar na moda, eu já sabia, eu já conhecia, eu já sentia, eu já lia. Não ligo de "estar na moda", pelo contrário, num país lamentavelmente atrasado, "física e culturalmente", como é o caso do Brasil, o fato de "estar na moda", coloca a realidade ali, na sociedade. E vai entrando, ora por osmose, ora com auxílio de vaselina, se é que vocês me entendem, e já desculpando a minha "grosseria". E isso é bom, esse "BUM TELEVISIVO" do autismo, os autistas precisam parar de ser tratados com estigmas, com fama de mimados ou seja-lá-o-quê-for. 

Junto com o receituário da Risperidona, a Dra Thais nos entregou um Atestado Médico, com o seguinte diagnóstico  F 84.0 CID 10. A Dra Thais é outra pessoa muito querida, um amor, eu adoro ela e a Dra Juliana, e prá falar a verdade, toda a equipe de funcionários e médicos que conheci na CEDIC - Fortaleza, até agora. Não estou ganhando nada com isso, mas acho importante o depoimento de uma mãe que depois de quase 1 ano e meio de procura desesperada encontrou nessa cidade uma equipe que sabe claramente com o que está lidando, apesar da subjetividade da mente humana, elas não estão ali de "achismo", elas sabem, eu confio. Graças a todo um trabalho que tem sido feito, em conjunto: medicação, a família, as tias do colégio, principalmente a Tia Janne e a Tia Helena que lidam com ele diretamente, a equipe médica, as energias boas das pessoas que nos amam espalhadas por esse mundão-de-meu-Deus. Tudo isso faz com que o Mateus esteja melhor a cada dia.

Voltando ao diagnóstico, quando cheguei em casa a primeira coisa que fiz foi pesquisar mais. Recorri ao Grande Oráculo do Mundo Moderno, Google. E ele me disse para "Diagnóstico F 84.0 CID 10":

AUTISMO – CID-10
Classificação Internacional de Doenças (CID-10) publicada pela Organização Mundial de Saúde
(WHO - World Health Organization)


Segundo a CID-10 , é classificado como F84-0, como "Um transtorno invasivo do desenvolvimento, definido pela presença de desenvolvimento anormal e/ou comprometimento que se manifesta antes da idade de 3 anos e pelo tipo característico de funcionamento anormal em todas as três áreas: de interação social , comunicação e comportamento restrito e repetitivo. O transtorno ocorre três a quatro vezes mais frequentemente em garotos do que em meninas."

CRITÉRIOS PARA DIAGNÓSTICO DO AUTISMO (CID-10) (WHO 1992)
Pelo menos 8 dos 16 itens especificados devem ser satisfeitos.

A . LESÃO MARCANTE NA INTERAÇÃO SOCIAL RECÍPROCA, MANIFESTADA POR PELO MENOS TRÊS DOS PRÓXIMOS CINCO ITENS:
  1. dificuldade em usar adequadamente o contato ocular, expressão facial, gestos e postura corporal para lidar com a interação social.

  2. dificuldade no desenvolvimento de relações de companheirismo.

  3. raramente procura conforto ou afeição em outras pessoas em tempos de tensão ou ansiedade, e/ou oferece conforto ou afeição a outras pessoas que apresentem ansiedade ou infelicidade.

  4. ausência de compartilhamento de satisfação com relação a ter prazer com a felicidade de outras pessoas e/ou de procura espontânea em compartilhar suas próprias satisfações através de envolvimento com outras pessoas.

  5. falta de reciprocidade social e emocional.
B . MARCANTE LESÃO NA COMUNICAÇÃO:
  1. ausência de uso social de quaisquer habilidades de linguagem existentes.

  2. diminuição de ações imaginativas e de imitação social.

  3. pouca sincronia e ausência de reciprocidade em diálogos.

  4. pouca flexibilidade na expressão de linguagem e relativa falta de criatividade e imaginação em processos mentais.

  5. ausência de resposta emocional a ações verbais e não-verbais de outras pessoas.

  6. pouca utilização das variações na cadência ou ênfase para refletir a modulação comunicativa.

  7. ausência de gestos para enfatizar ou facilitar a compreensão na comunicação oral.
C. PADRÕES RESTRITOS, REPETITIVOS E ESTEREOTIPADOS DE COMPORTAMENTO, INTERESSES E ATIVIDADES, MANIFESTADOS POR PELO MENOS DOIS DOS PRÓXIMOS SEIS ITENS:

1. obsessão por padrões estereotipados e restritos de interesse.
2. apego específico a objetos incomuns.
3. fidelidade aparentemente compulsiva a rotinas ou rituais não funcionais específicos.
4. hábitos motores estereotipados e repetitivos.
5. obsessão por elementos não funcionais ou objetos parciais do material de recreação.
6. ansiedade com relação a mudanças em pequenos detalhes não funcionais do ambiente.

D. ANORMALIDADES DE DESENVOLVIMENTO DEVEM TER SIDO NOTADAS NOS PRIMEIROS TRÊS ANOS PARA QUE O DIAGNÓSTICO SEJA FEITO.

(Fonte: http://www.autismo-br.com.br/home/D-cd-10.htm)


Tentando conter minha ansiedade. Eu sou muito ansiosa, eu sofro pelo que eu não sei, pelo que eu sei, e pelo que eu só imagino. E desconto na comida. A noite mergulhei numa tigela de sorvete, calda e waffle, tentei jogar Candy Crush, mas não consegui, fui novamente ler "Mundo Singular". Na próxima postagem, vou só preparar um print, vou transcrever o trecho desse livro magnífico que achei mais parecido com o caso do Mateus, pelo que vejo e pelo que eu e a Dra Juliana temos conversado. MUNDO SINGULAR, aconselho a todos lerem, pais de autista ou não. Depois que li, olha, é sempre um baque. Um luto.  Não adianta fugir. Não adianta blá blá blá. É complicado. Tenho medo, muito. Medo não por mim não. Prá defender e lutar pelo meu filho, pela felicidade e bem estar dele, eu não tenho medo de nada. Meu medo é por ele, sabe... Eu já vivi tudo. Fiz tudo que eu queria fazer na minha adolescência, fiz até mais do que podia, do que queria. Passei por altos, médios, baixos, subterrâneos momentos ao longo dos meus 36 anos. Agora só me interessa que o Mateus seja feliz. Eu já sou muito feliz, pelo simples fato dele existir. De cada abraço que eu ganho. Abraço com gostinho de uma espera de 2 anos e 9 meses... Qualquer dia, eu ganho um beijo... Sei que já está perto esse momento. E cada momento, vale tanto, tanto... 

Por tudo que já li, continuo lendo, diariamente, conversando, observando,por tudo, pelo que entendi, a definição, visualmente falando pro caso do Mateus é a seguinte. No mais, desculpem a língua solta hoje, mas que se dane, vou lutar por ele, e com ele, seja lá a denominação que for. Azul, amarelo, rosa, roxo, preto, de bolinhas... O que importa é SER FELIZ. 



3 comentários:

  1. Muito impotante seu comentário,Esclarecedor, sábio, carregado de emoção e esperança e descobertas, descobertas essas embasada em teorias e pesquisas ciêntíficas através de profissionais especializados no assunto...Descobertas através de convívio e experiências vividas no dia a dia, no contato e calor encontrado nas pessoas de bem....Parabéns mãe a partir de hoje sou sua admiradora, e cso me permita serei sua seguidora da sua História de vida e da Vida do Matheus. Sou avó do Pedro de 5 anos, que também foi diagnósticado Cid:F84.0 com 2 anos de idade e é a minha razão de viver e abraço a sua causa como estou abraçada com a caus do Pedro a busca da sua Felicidade Plena....Sonha que sonha só é apaenas sonho ...Sonho que sonha juntos já é Realidade....

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo artigo... Maravilhoso.. Estou enfrentando tudo isso amigo agora meu anjo tem 12 anos e estamos fechando diagnóstico tardio pois foi muito achismo mesmo no começo... As pessoas dizia. Que ele era mimado e que protegiamos muito.. Mas agente é mãe e sabe qdo algo não esta bem com nosso filho... Gostei muito dos seus esclarecimentos. .. Agradeço e desejo que seu anjo azul... Siga tranquilo agora com o acompanhamento adequado

    ResponderExcluir
  3. Nossa só sei que chorei com seu texto.
    Reflexão perfeita do que estou passando e sentindo!

    ResponderExcluir